segunda-feira, 21 de março de 2011

Quais as partes, em sequência, da liturgia da Igreja Presbiteriana do Brasil?

Do Yahoo! Respostas.

Gostaria de saber sobre a liturgia, com detalhes, pois estou participando de uma congregação recém criada, da Igreja Presbiteriana, e tenho que dirigir a liturgia.



As partes do Culto Público reformado (do qual a Igreja Presbiteriana é herdeira) são as seguintes:

RITOS INICIAIS

Intróito (música instrumental) ou Prelúdio (música cantada pelo Coral ou conjunto de louvor)

Tanto o Intróito quanto o Prelúdio têm como objetivo preparar o espírito dos presentes para a atitude de quietude, contemplação e reverência necessária para o Culto. Deve ser música suave, tranqüila, no espírito do Salmo 46.10: "Aquietai-vos e sabei que eu sou Deus".

Canto de Entrada

Hino ou cântico cantado por toda a igreja, que se reúne para prestar Culto ao seu Senhor. Durante esse Canto, o Coral e o Ministro (o Pastor), ou Oficiante, podem entrar pelo corredor central do templo e tomar seus lugares.

Saudação

O Oficiante saúda a congregação em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo (Mt. 28.19), ou usando outra saudação bíblica (p. ex., I Co. 16.23, Gl. 6.18, Ef. 6.23, Ef. 6.24, Fp. 4.23 etc.).

Não é momento de fazer gracinhas ou piadinhas para o povo rir, nem falar do futebol. É o momento solene em que o Povo de Deus entra na presença de seu Senhor, assim como o Sumo Sacerdote entrava, com a maior reverência, no Santo dos Santos. Todos somos agora sacerdotes no Reino de Cristo, e devemos ter essa reverência na presença de Deus.


Oração Introdutória

Oração feita pelo Oficiante pela aceitação por Deus do Culto que será prestado.

Responso

Um hino ou cântico que louvam (louvar = falar bem de) o nome do Senhor.

Não é momento para cânticos de "comunhão", de "guerra", de "consagração", ou de qualquer outro tema. É momento para apenas engrandecer a Deus. Para outros temas, há outros momentos.

Penitência (ou "Contrição").

Um texto bíblico é lido (por exemplo, os Dez Mandamentos, ou I Jo. 1.5-10, ou Hb. 4.14-16).

Um hino ou cântico penitencial pode ser cantado.

O Oficiante convida o povo a confessar seus pecados (de preferência, se pondo de joelhos) e pedir a Deus perdão e purificação de todo o mal, primeiro cada um individualmente, em silêncio, e depois o Oficiante, ou alguém convidado por ele, faz uma oração pública ("audível") pelo perdão dos pecados de toda a congregação.

Absolvição

Um versículo bíblico é lido, assegurando os fiéis do perdão que Deus concede aos que confessam seus pecados com arrependimento e fé. (P. ex., I Jo. 1.9, ou Sl. 32.1-5)

Canto de Louvor

Neste momento, pode ser cantado um hino ou cântico que louva a Deus e agradece a ele pela obra da salvação realizada em Cristo Jesus.


LITURGIA DA PALAVRA

Oração do Dia

Segue-se uma oração sobre os temas das leituras do dia.

Leituras Bíblicas

É da tradição cristã e reformada ter três leituras principais da Bíblia no Culto (fora os textos da própria liturgia). Uma do Antigo Testamento, uma do Novo Testamento (de Atos, das Cartas ou do Apocalipse) e uma do Evangelho.

Entre a leitura do Antigo e a do Novo Testamentos, é comum fazer a leitura responsiva, ou de preferência cantar, um Salmo que tenha a ver com as outras leituras do dia.

É importante que o povo escute sempre bastante a Palavra de Deus lida no Culto, e não apenas o pequeno trecho que serve de base para o Sermão. Há lecionários na internet com leituras segundo o Calendário Cristão, que é seguido por todas as igrejas cristãs, inclusive as presbiterianas (que costumam usar o Lecionário Comum Revisado).


As leituras do Antigo e do Novo Testamento podem ser feitas com o povo sentado.


Também, entre uma leitura e outra, um hino ou cântico com letra relativa ao tema da leitura pode ser cantado.

Aclamação ao Evangelho

É da tradição cristã, antes da leitura do Evangelho, ficar de pé e aclamar (comemorar) a Boa Nova da salvação com um cântico de aleluia (sim, pode ser simplesmente um cântico que tenha "aleluia" no refrão).

Isso acontece durante todo o Ano Cristão, menos no Advento (quatro semanas antes do Natal) e na Quaresma (sete semanas antes da Páscoa), quando troca-se o aleluia por cânticos mais reflexivos. Quaresma e Advento são tempos de preparação para as grandes festas de Cristo do Calendário da Igreja (Natal e Páscoa). Neles, "abaixa-se o volume", para que a alegria seja ainda mais sentida quando chega a grande festa.

A Aclamação e a Leitura do Evangelho são sempre feitas com o povo de pé.

Leitura do Evangelho

Oração por Iluminação

Trata-se de uma oração tanto em favor do pregador, quanto em favor da Igreja, para que o Espírito Santo ilumine ambos na compreensão da Palavra de Deus que será pregada.

Sermão

Pode ser a exposição de um ou mais dos textos lidos, ou tratar de um assunto que o pastor considerar necessário e relevante para a edificação do povo.

Confissão de Fé

Como resposta à fé que vem pelo ouvir, e o ouvir a Palavra de Deus (Rm. 10.17), a Igreja confessa o conteúdo dessa fé. Pode ser lido por toda a igreja um trecho da Confissão ou dos Catecismos da Igreja, ou, normalmente, o Credo Apostólico (última página do Hinário Novo Cântico).

Um hino ou cântico de tema relativo ao Sermão também pode ser cantado.

Intercessões

Neste momento, pela fé que Deus concede ao seu povo, este ora em favor de toda a Igreja (em todo o mundo), pela paz e a salvação do mundo e pelos motivos de intercessão e ação de graças da comunidade local.

LITURGIA DOS SACRAMENTOS


Batismo, Profissão de Fé, Ordenação de Oficiais ou Ministros, Nomeação de Lideranças

Se algum desses atos for acontecer, eles entram neste momento do Culto, e nesta ordem. Entre cada um desses atos, hinos ou cânticos de letra apropriada ao momento podem ser cantados.

A Paz e o Ofertório

O Ofertório é tanto um ato de fé (por isso vem depois da confissão de fé) quanto uma preparação para a participação na Santa Ceia (porque é um ato do Corpo de Cristo, que na Mesa do Senhor celebra a sua unidade).

Mas Jesus orienta que antes de ofertar, cada um faça as pazes com seu irmão, se tiver algo contra ele (Mt. 5.23-24). Por isso, antes do Ofertório, acontece a Saudação da Paz, na qual cada um cumprimenta aqueles que estão à sua volta com "a Paz do Senhor", ou "a Paz de Cristo", dando oportunidade de reconciliação entre os irmãos.

Ministração da Santa Ceia

É Sacramento, ato pastoral, ou seja, só pode ser celebrada por um Ministro (pastor) devidamente ordenado.

RITOS FINAIS

Oração Pastoral

O Oficiante intercede pela Igreja na semana que se inicia, rogando a Deus suas bênçãos para ela. Essa oração normalmente termina com a Oração do Senhor (o "Pai Nosso").

Bênção

A impetração da Bênção também é ato exclusivo de Ministro na Igreja Presbiteriana do Brasil. Se não houver nenhum presente, passa-se diretamente do Pai Nosso para o Amém.

Amém Tríplice

Como a Bênção normalmente é trinitária (dada em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo), o Amém com o qual a Igreja a confirma costuma ser tríplice. Mas há outros "améns" no Hinário, que uma igreja com facilidade para a música pode estudar.


Envio e Poslúdio

O Oficiante despede o povo com a graça e a paz do Senhor. Após, uma peça instrumental pode ser tocada.

4 comentários:

Felipeluigi disse...

Irmão Eduardo,

Sou da IPI e gosto muito de liturgia,e gostaria de saber como era exatamente a liturgia de Genebra,na época de Calvino,se isso não lhe for mto incomodo.Obrigado

Giovani disse...

Irmão Eduardo,

Sou da IPI e gosto muito de liturgia,e gostaria de saber como era exatamente a liturgia de Genebra,na época de Calvino,se isso não lhe for mto incomodo.Obrigado

Eduardo Chagas disse...

Okay, vou postar a liturgia da Igreja de Genebra ainda esta semana.

Pr. Hélio Francisco disse...

Olá Eduardo, amado irmão em Cristo Jesus - Nosso Senhor,
Com a notícias da gravidez de minha esposa nesta sexta-feira e as leituras feitas em teu blog me senti "motivado" a elaborar uma liturgia mais confessional neste domingo e estou te mandando uma cópia em teu email para sua análise ( se possível) e considerações!
Tenho grande apreço a liturgia mais elaborada, contudo a implantação aonde não há esse costume tem que ser com muito amor e cuidado!
Permaneça na PAZ de Jesus!
Um abraço